Atletas da Fran TT são convocados para o panamericano

Foto Crédito: Fran TT Training Center

Na última segunda-feira, 17 de junho a Confederação Brasileira de Tênis de Mesa, anunciou a relação dos 30 mesatenistas que foram convocados para fazerem parte da Seleção Brasileira que irá participar do VI Jogos Parapan-Americanos, em Lima, no Peru.

A equipe da Associação Desportiva de Tênis de Mesa da Fran TT estará representada por cinco atletas, que no período de 28 de agosto a 03 de setembro, estarão lutando para vencer em suas respectivas categorias e assim garantir uma vaga para os Jogos Paralímpicos de Tóquio 2020.

A equipe piracicabana estará representada pelos atletas Luiz Filipe Guarnieri Manara, Carlos Alberto Carbinatti Júnior, Diego Moreira, Jennyfer Marques Parinos e Danielle Rauen.

Além dos representantes do elenco piracicabano, foram convocados outro 25 atletas que atuam em associações e agremiações do Distrito Federal, Santa Catarina, Amazonas, Ceará, Paraná, Rio Grande do Norte, Pernambuco, Goiás e São Paulo.

Os convocados para os Jogos Parapan-Americanos permanecem concentrados no Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo, no período de 12 a 16 de agosto e embarcam para Lima no dia 17, quando iniciam o período de aclimatação até o início das competições.

As competições de tênis de mesa dos Jogos Parapan-Americanos de Lima, no Peru, funcionam como seletiva para as disputas das vagas classificatórias para os Jogos Paralímpicos em Tóquio 2020.

O mesatenista Luiz Filipe Guarnieri Manara será um dos representantes da equipe Fran TT nos Jogos Parapan-Americanos e, assim, como em 2015, espera garantir a vaga para os Jogos Paralímpicos, no Japão.

“O Parapan-Americanos será o caminho que devo percorrer para atingir mais um importante degrau em minha carreira. Preciso ser campeão na classe 8, a minha categoria, para ter a chance de representar o Brasil em mais uma paralímpiada.”

A presidente da Associação Desportiva de Tênis de Mesa Fran TT, Francine de Camargo Mendes, disse que é gratificante acompanhar a evolução dos atletas, que mesmo após o ciclo do Rio 2016, a equipe manteve o ritmo de treinamento e agora luta novamente para garantir as vagas para os Jogos de Tóquio 2020.

Publicidade

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.