Beto Souza fala sobre o contrato dos jogadores e da paralisação do estadual

Beto Souza - Ivo Secchi e Tarcisio Pugliese - Foto Crédito: Vitor Prates

O Blog do Vitor Prates e Programa Resenha Esportiva da Rádio Difusora AM 650, está fazendo uma série de matéria, com a diretoria do XV de Piracicaba.

A nossa equipe conversou com Beto Souza, Gestor de Futebol do clube que falou sobre os vínculos de contratos de jogadores estar encerrando, pois o Campeonato Paulista A2, ainda não terminou, foi paralisado faltando três rodadas para o fim da primeira fase e o Nhô Quim ocupa a quinta posição com 19 pontos ganhos.

Resenha – Sabemos que muitos atletas estão com seus vínculos encerrando, como o clube está tratando isso?

Beto – Temos que aguardar para ver o que vai acontecer, não temos muito o que fazer neste momento em relação a isto. Não sabemos ainda nem se o campeonato terminará, ainda estamos trabalhando as escuras, então fica muito difícil qualquer projeção agora sobre qualquer situação.

Resenha – A Federação vem conversando com os clubes, sobre os estaduais?

Beto – A Federação, assim como os clubes está aguardado, não tem muito o que ser feito até esta pandemia se normalizar, não sabemos quanto tempo ainda vai levar.

Temos que aguardar semana a semana e ir vendo o que acontece.

Resenha – O que a direção pensa para o segundo semestre, pois o primeiro semestre foi praticamente comprometido?

Beto – Precisamos primeiro conseguir encerrar o primeiro semestre, para depois pensar no segundo semestre, como eu disse, estamos trabalhando no escuro, fica muito difícil planejar algo neste momento. Esperamos que as coisas se normalizarem.

Resenha – Você tem conhecimento do movimento, encabeçado pela Portuguesa, em que subiriam oito clubes para a A1?

Beto – É uma proposta, de repente possa ser uma saída, mas precisa ser conversado, ser levada a proposta junto a federação, ser aprovada, não é tão simples assim, mas tudo vai depender de quanto tempo ficarmos parados ainda, o que ninguém sabe.

Publicidade

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.