Brasil conquista 12 medalhas na Natação. Basquete Feminino está na semifinal

Sergio Moraes/Reuters

Os Jogos Pan-Americanos seguem a todo vapor em Lima, no Peru. O Brasil segue fazendo bonito na disputa.

Confira o que foi destaque do Brasil, na quarta-feira, 07 de agosto.

Hipismo

Bastava ficar entre os três primeiros para carimbar o passaporte para os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, e o Brasil concluiu com êxito essa missão. Mas foi mais além. Os cavaleiros Eduardo Menezes, Rodrigo Lambre, Marlon Zanotelli e Pedro Veniss subiram ao lugar mais alto do pódio nesta quarta-feira na Escola de Equitação do Exército, em La Molina, bairro nobre de Lima. A prata ficou a equipe do México, e o bronze com os Estados Unidos. Trata-se do sexto ouro do Brasil por equipes nessa modalidade em Jogos Pan-Americanos.

O Brasil já tinha garantido a vaga em outras modalidades: o adestramento, levando também um bronze, e o Concurso Completo Equestre (CCE), onde saiu com uma medalha de prata. As competições seguem no hipismo, e as disputas individuais, onde os pontos obtidos até agora serão zerados, acontecem na sexta-feira. Ao todo, 35 atletas seguem para a decisão, sendo três por país.

Vôlei Feminino

A seleção feminina de vôlei estreou nesta ontem no Pan-Americano contra Porto Rico.

E venceu facilmente por três sets a zero (25/16, 25/16, 25/15). Para se ter uma ideia da diferença de qualidade dos times, dos 75 pontos da seleção, mais de um terço (28) foram em erros do adversário.

Nesta quinta, o Brasil enfrenta a Argentina a partir das 15h (horário de Brasília). Porto Rico encara os Estados Unidos às 17h.

Natação

Depois de conquistar no primeiro dia de disputas seis medalhas a Natação brasileira, voltou ao pódio na quarta-feira.

Ao todo, foram mais seis medalhas, uma de ouro, duas de prata e três de bronze. A natação nacional soma 12 pódios em dois dias e caminha com força para bater o recorde particular de 26 cravado nas edições do Rio 2007 e Toronto 2015. As provas na piscina se prolongam até o próximo sábado.

Arremesso de disco

Darlan Romani arremessou o disco a 22,07m conquistando a medalha de ouro, nos Jogos Pan-Americanos. O próximo grande desafio do atleta é o Mundial de Doha, no fim de setembro. Lá ele espera não ter de passar pelo sufoco que viveu no Peru para buscar sua primeira medalha da competição.

Basquete Feminino

 O Brasil teve uma boa atuação, levou um susto no fim, mas venceu Porto Rico por 64 a 58 para garantir a primeira posição do Grupo A e a classificação para a semifinal.

Foi a segunda vitória da seleção em dois jogos, que ainda enfrenta o Paraguai, já eliminado, nesta quinta-feira, às 20h. O adversário do Brasil na próxima fase sairá do duelo entre Estados Unidos e Colômbia, pelo Grupo B.

Publicidade

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.