Coluna Esportiva com Ricardo Ferreira (Baby).

O técnico dos acessos

O treinador Moisés Egert vai escrevendo seu nome na história do futebol paulista. Desde os tempos de XV de Piracicaba já merece ser chamado de o técnico dos acessos. Ele começou a carreira nas “trevas da Série A3” dirigindo um XV moribundo. Conseguiu levar a equipe para a A2 e obteve o acesso, com direito a título, para a elite do estadual em 2012.

Apesar de jovem, o gaúcho Moisés Egert também já conquistou a Copa Paulista duas vezes. Esse ano, aceitou o desafio de comandar o modesto Girassol na Série A2. Quando chegou ao Leão, deixou bem claro que seria uma competição dura diante de muitas equipes de qualidade brigando por apenas duas vagas na Série A1. E não deu outra, junto com o Santo André, o Mirassol conseguiu o difícil acesso. Agora é tentar colocar a cereja no bolo pois o objetivo de voltar para a elite do Campeonato Paulista foi conquistado.

Esse mês Moisés completa 39 anos de idade (no dia 21 de maio). Natural de Caxias do Sul, também foi jogador pelo XV no início dos anos 2000, no ataque daquela equipe alvinegra. Acabou se contundindo e mostrou pouco futebol por isso.

Com quatro vitórias nas partidas da fase de mata-mata do Paulistão A2, o Mirassol conquistou o acesso após vencer o Batatais em casa por 2 a 0. “Estamos eufóricos, cansados. Foi um jogo tenso e competitivo, como é uma decisão. A vitória foi de quem mereceu”, comentou ao site da Federação Paulista de Futebol. O treinador fez questão de ressaltar o respaldo da diretoria ao longo do campeonato. “O clube merece estar na elite. Somos o último elo dessa corrente que é o campo”, disse. Agora, Moisés continua com peso de ouro. Deve ficar no Mirassol como prêmio pelo acesso e, claro, pela competência. Em 2017 o XV estará na A2. Não custa nada prestar atenção na campanha do seu ex-técnico. A caminhada será árdua.

Publicidade

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.