Coluna – NÃO DEU!

Foto Crédito: Michel Lambstein - XV de Piracicaba

Infelizmente, não deu para o XV de Piracicaba e novamente teremos de disputar a Série A2. Encaramos de frente o São Caetano, uma das melhores equipes da competição, mas o empate em casa, no primeiro jogo, comprometeu a nossa ascensão à Série A1. No ABC, ainda saímos na frente, mas levamos a virada, perdemos o jogo por 2 a 1 e as vagas na final da A2 e na elite do futebol paulista. O time do ABC, agora, fará a final da A2 com o São Bento. Os dois estão garantidos na A1 de 2021.

O que torcedor quinzista mais lamenta é o fato de o Alvinegro bater na trave mais uma vez. Em 2018, caiu nas semifinais do Paulista para o Guarani; no ano passado perdeu a vaga para a Inter de Limeira; e neste ano, o algoz foi o São Caetano. Apesar da tristeza, o verdadeiro quinzista nunca desiste. Agora, o XV terá a Copa Paulista e, mesmo ainda sem poder ir ao estádio, o leal torcedor do Nhô Quim seguirá na torcida.

Perdemos mais uma, mas o amor pela camisa zebrada permanece o mesmo!

Agora, a diretoria deve iniciar os trabalhos para montar a equipe para a Copa Paulista, que começa em novembro. Muita coisa deve mudar, a começar pela direção técnica. O treinador Evaristo Piza, que teria propostas de times das Séries B e C do Brasileiro, está de saída. Vários jogadores também devem deixar o Barão da Serra Negra, uma vez que a meta é disputar a competição com um time mais jovem, já que o torneio é deficitário. Assim, vários jogadores das categorias de base devem ganhar oportunidade.

NOVO COMANDO – Sem o técnico Evaristo Piza, a bola da vez é o treinador Moisés Egert, que está se desligando do futebol catarinense. Muito identificado com o Alvinegro e com residência fixa em Piracicaba, Egert deve ser convidado nas próximas horas para comandar o Nhô Quim na Copa Paulista e Série A2 do Campeonato Paulista em 2021. Nos bastidores, há quem já dê como certo esse acordo. Se vier será uma boa contratação, pois trata-se de um ótimo profissional e com acessos pelo XV.

Por falar em Copa Paulista, algumas informações sobre essa competição: o Conselho Técnico está confirmado para o dia de 13 outubro, à tarde, na sede da FPF (Federação Paulista de Futebol), em São Paulo. A reunião servirá para ratificar, de forma oficial, as datas, a fórmula de disputa e os times participantes. Devido a pandemia, neste ano será uma competição de “tiro curto”, com início em 4 de novembro e término em 20 de dezembro, ou seja, 45 dias de disputas.

A ideia da FPF (Federação Paulista de Futebol) é que a Copa Paulista seja disputada por 16 equipes, com quatro grupos de quatro equipes cada. Ao final da primeira fase, os dois melhores times de cada grupo se classificam e, com oito clubes, inicia-se a fase de mata-mata até a final. Devem participar da competição equipes como o XV de Piracicaba, Portuguesa, Ferroviária e Juventus – só para citar alguns. O campeão leva vaga na Série D e o vice se garante da Copa do Brasil, ambas de 2021.

Colunista – Alexandre Nascimento – Chefe do Setor de Eventos da Selam (Secretaria de Esportes, Lazer e Atividades Motoras)Licenciado

Publicidade

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.