Confira como que voltam os adversários do XV nessa reta final de Série A2

Foto Crédito - Evandro Pelligrinotti - XV de Piracicaba

Depois de mais de quatro meses paralisado devido a pandemia do Covid-19, a bola volta a rolar para o Campeonato Paulista Série A2. Competição que faltam três jogos na primeira fase para definição de classificados e a luta contra o rebaixamento.

Durante a semana a Federação Paulista de Futebol, divulgou a tabela dos jogos restantes e o XV de Piracicaba terá duas partidas no Estádio Municipal Barão da Serra Negra e uma no ABC, no Primeiro de Maio.

O Blog do Vitor Prates e Programa Resenha Esportiva da Rádio Difusora AM 650, trás para o torcedor, como que os adversários do Nhô Quim voltam para essa fase final, até mesmo o próprio XV.

XV de Piracicaba:

Na classificação geral, o time Piracicabano é o quinto colocado com 19 pontos ganhos, em 12 jogos disputados. São 05 vitórias, 04 empates e 03 derrotas. Foram marcados 11 gols e sofreu 09, um saldo positivo de 2. O aproveitamento na competição é de 53%.

O Nhô Quim manteve a base que vinha atuando na A2, perdeu apenas cinco jogadores e teve a saída do treinador. Nesse período o clube contratou um reforço que é o lateral-esquerdo Samuel Balbino, que atuou pelo alvinegro em 2017 e 2018. Chegou também o novo comandante, Evariso Piza, velho conhecido do torcedor.

Time base: Mota; Jéfferson Feijão, Diego Jussani, Paulão e Samuel Balbino (Rubens Carvalho); Walfrido, Samuel Andrade e Daniel Costa; Filipe Cirne, Kadu Barone e Raphael Macena. Técnico: Evaristo Piza

Sequência do XV de Piracicaba: Votuporanguense (Casa), São Bernardo (Fora) e Penapolense (Casa).

Votuporanguense:

O time de Votuporanga ocupa hoje a 16ª posição com 9 pontos ganhos, em 12 jogos disputados, sendo 02 vitórias, 03 empates e 07 derrotas. Marcou 10 gols e sofreu 18, um saldo negativo de 8. Aproveitamento no Paulista é de 25%.

Nesse período de paralisação, a equipe trocou de treinador, trazendo o ex-goleiro de Santos e Roma, Júlio Sérgio. O comandante tem a missão de livrar a equipe que tem 10 anos de história do seu primeiro rebaixamento. Manteve 13 remanescente. Trouxe oito reforços, sendo os zagueiros (Luiz Eduardo, Caio César, Vinícius Del’ Amore e Leandro), lateral (Watson), os volantes (Jordã e Fagner) e o atacante Joãozinho).

Time base: Edson Kölln; Watson, Caio César, Luiz Eduardo e Cesinha; Fagner, Jordã e Ricardinho; Misael, João Marcos e Alvinho. Técnico: Júlio Sérgio

Sequencia de jogos do Votuporanguense: XV de Piracicaba (Fora), São Caetano (Casa) e Portuguesa Santista (Fora)

São Bernardo FC:

Líder da Série A2, o bernô tem a seguinte campanha. São 22 pontos ganhos em 12 jogos disputados, sendo 06 vitórias, 04 empates e 02 derrotas. O ataque marcou 12 gols e a defesa sofreu 06. Saldo positivo de 06. Tem um aproveitamento de 61%.

Manteve a base da equipe, além de contratar três jogadores para a sequencia da A2, são eles: O volante Allan Dias, o meia Diego Lopes e o atacante Matheus Matias. O Tigre perdeu apenas dois atletas: Zé Carlos e o meia Bruno Cruz. O treinador é Marcelo Veiga.

Time base: Moisés, Lucas Mota, Guilherme Mattis, Leandro Amaro e Fernando Júnior; Rodrigo Souza e Natan; Leozinho e Léo Jaime; Marlyson e Matheus Matias. Técnico: Marcelo Veiga

Sequência do São Bernardo: São Caetano (Fora), XV de Piracicaba (Casa) e Taubaté (Fora).

Penapolense:

Penúltimo na classificação com 09 pontos ganhos, em 12 jogos disputados, o time de Penápolis tem apenas 02 vitórias, sendo 03 empates e 07 derrotas. Marcou 10 gols e sofreu 16, um saldo negativo de 6. O aproveitamento de 25%.

Nesta pandemia o Penapolense tem um novo comandante, trouxe Waguinho Dias que estava no América-RN e trouxe 15 novos atletas. os goleiros David Rambo e Bruno Barbosa lateral-direito Neílson, o lateral-esquerdo Cleidson, o zagueiro Renato Silveira, os volantes Jefferson Parrudo, Dudu e Charles os meio-campistas Valdeir, Adriano Paulista e Felipe Pará, além dos atacantes Gustavinho, Alfredo, Marcus Índio e Alef. Apenas 10 atletas permaneceram no elenco para a sequencia da A2.

Time base: Léo Lopes, Neilson, Renato, Jaílton e Cleidson; Jefferson Parrudo, Felipe Pará, Adriano Paulista; Gustavinho e Marcus Indio; Alfredo. Técnico: Wagninho Dias

Sequência do Penapolense: Monte Azul (Fora), Red Bull Brasil (Casa) e XV de Piracicaba (Fora).

Paulistão A2 2020 – 1ª fase

13ª rodada – 19/08 (quarta-feira), às 16h00 – XV de Piracicaba x Votuporanguense – Estádio Municipal Barão da Serra Negra, Piracicaba

14ª rodada – 26/08 (quarta-feira), às 15h00 –São Bernardo x XV de Piracicaba – Estádio Primeiro de Maio, São Bernardo do Campo

15ª rodada – 30/08 (domingo), às 11h00 – XV de Piracicaba x Penapolense – Estádio Municipal Barão da Serra Negra, Piracicaba

Publicidade

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.