Esporte promove a solidariedade em meio à pandemia

Foto: Divulgação

Olá galera do esporte. Eu me chamo Alexandre Nascimento, sou chefe do Setor de Eventos da Selam (Secretaria de Esportes, Lazer e Atividades Motoras), de Piracicaba, e começo hoje um novo projeto, uma coluna semanal de esportes neste espaço a convite do amigo Vitor Prates.

Aqui, nós vamos informar e comentar sobre o esporte da nossa cidade e contamos com o apoio e a participação de todos vocês, com comentários e sugestões. Abaixo a minha primeira coluna. Boa leitura!

Esporte promove a solidariedade em meio à pandemia

Vivemos dias difíceis com a pandemia de coronavírus e Piracicaba também sofre com as consequências essa doença. Porém, com a união de todos podemos passar por esses momentos. A comunidade esportiva de nossa cidade tem feito o que pode para ajudar. Nas últimas semanas, várias ações têm sido feitas para amenizar o sofrimento das pessoas, principalmente dos que mais precisam.

O Projeto Pernas Caipiras (@pernas_caipiras), que trabalha a inclusão de pessoas com deficiência por meio do esporte, nas corridas de rua, com triciclos adaptados para as provas, com todo o conforto e segurança, é uma dessas entidades esportivas que resolveram ajudar. Promoveu recentemente o “Drive Thru do Bem”, no estádio Barão da Serra Negra. No final, foi arrecadado um total de 2.600 quilos, que foram revertidos à entidades assistenciais de Piracicaba.

As torcidas uniformizadas do XV de Novembro também começaram a se movimentar no sentido de arrecadar produtos básicos para os necessitados. O presidente da AR-XV (Amor Real-XV), Carlinhos Leite, nos disse que sua entidade está fazendo ações pontuais para auxiliar os vizinhos da organizada. 

E nesta semana, o Treino da Ressaca – uma turma de Piracicaba que faz corridas de ruas a partir da Rua do Porto – promoveu outra ação para ajudar aos mais necessitados neste momento de pandemia. No final, mais de uma tonelada, entre alimentos e produtos de higiene e em torno de 400 quilos de roupas foram arrecadados. Todo esse material está sendo distribuído entre a duas entidades: a HUG (ver foto) e as Marmitas com Amor.

O Projeto HUG ajuda as pessoas em situação de rua, desde alimento e roupas até banho, corte de cabelo, barba e encaminhamentos para clínicas de recuperação. O Projeto, ligado à Igreja Batista Betesda, também promove palestras baseadas na bíblia. No momento, o HUG está atuando no momento como voluntário da Prefeitura na assistência às pessoas em situação de rua que estão no ginásio do Jaraguá.

Todo esse movimento foi organizado pelo pessoal do Treino da Ressaca, que tem como um de seus líderes o amigo e esportista Ednilson Garcia. Já o “Marmitas Com Amor” atua na distribuição de alimentos aos moradores em situação de rua do Centro e da Praça Takaki, principalmente, sob o comando da dona Celestine.

São iniciativas com essas que nos enche de esperança no ser humano. Como esportista e funcionário público da Selam, sempre apoiarei esse tipo de iniciativa, ainda mais em um momento delicado como esse. Sabendo que esse momento vai passar e que vamos retornar às nossas atividades esportivas mais fortes do que nunca. Devemos ter fé de que tudo vai dar certo e, enquanto vivemos esses tempos, que possamos fazer cada vez mais pelos nossos semelhantes. Até semana que vem!

Colunista – Alexandre Nascimento – Chefe do Setor de Eventos da Selam (Secretaria de Esportes, Lazer e Atividades Motoras)

Publicidade

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.