Estatísticas de XV de Piracicaba e São Caetano

ARTE DE LUIS MARANGONI

XV de Piracicaba e São Caetano brigam pelo título da Copa Paulista de 2019, para o alvinegro pode ser o bicampeonato, para o azulão o título inédito.

 O Nhô Quim foi finalista em 2008 quando perdeu o título para o Atlético Sorocaba, chegando na decisão em 2016, faturando seu primeiro troféu do torneio batendo a Ferroviária nos pênaltis em Araraquara.

O XV de Piracicaba tem as seguintes colocações na Copa Paulista desde 2003.

2003: 18º / 2004: 24º /2005: 20º / 2006: 13º / 2007: 10º / 2008: 2º / 2009: 8º / 2010: 5º / 2011: 13º / 2012: 6º / 2013: 3º / 2014: 3º / 2015: 16º / 2017: 3º / 2018: 14º.

O São Caetano tem apenas seis participações na Copa Paulista e pela primeira vez chega a uma decisão. Nas outras edições ficou em 2003 ficou na 25ª posição, em 2013 foi o 8º colocado, 2016, 3º posição, em 2017 chegou em 5º e em 2019 foi o 10º.

As duas equipes já estão num campeonato nacional, só resta saber qual irão disputar, pois o campeão da Copa Paulista de 2019, escolhe entre o Campeonato Brasileiro da Série D, ou a Copa do Brasil.

Confira os números das duas equipes nesta Copa Paulista:

Aproveitamento no Geral:

XV de Piracicaba 63,9% = 46 pontos em 24 jogos

São Caetano 68,1% = 49 pontos em 24 jogos

Aproveitamento em casa:

XV de Piracicaba 77,8% = 28 pontos em 12 jogos

São Caetano 66,7% = 24 pontos em 12 jogos

Aproveitamento fora de casa:

XV de Piracicaba 50% = 18 pontos em 12 jogos

São Caetano 69,4% = 25 pontos em 12 jogos

Ataque:

XV de Piracicaba marcou 38 gols, média de 1,58

São Caetano marcou 33 gols, média de 1,38

Gols marcados no 1º tempo:

XV de Piracicaba 20

São Caetano 17

Gols marcados no 2º tempo

XV de Piracicaba 23

São Caetano 16

Gols marcados em casa:

XV de Piracicaba 21

São Caetano 14 =

Gols marcados fora de casa:

XV de Piracicaba 17

São Caetano 19

Defesas:

XV de Piracicaba tomou 23 gols, média de 0,96

São Caetano tomou 14 gols, média de 0,58

Gols sofridos em casa:

XV de Piracicaba 9 = 39,1%

São Caetano 7 = 57,1%

Gols sofridos fora de casa:

XV de Piracicaba 14 = 60,9%

São Caetano 7 = 57,1%

Atletas mais utilizados:

XV de Piracicaba = Kadu Barone e Luiz Fernando (22 jogos)

São Caetano = Tom (23 jogos)

Reservas mais utilizados:

XV de Piracicaba = Luizinho e Erick Salles (8 jogos)

São Caetano = Anderson Rosa (9 jogos)

Artilheiros:

XV de Piracicaba = Raphael Macena 12 gols

São Caetano = Gleyson 10 gols

OBS: Dados retirados do site da Federação Paulista de Futebol

Publicidade

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.