Há 36 anos o XV de Piracicaba era Tetracampeão da Série A2.

Livro Rocha Neto
Livro Rocha Neto

Há 36 anos atrás o XV de Piracicaba era Tetracampeão da Série A2, do Campeonato Paulista.

No dia 30 de novembro de 1983, mais de 30 mil pessoas estiveram presentes no duelo envolvendo o XV e o Bandeirante, que terminou 3 a 2 para a equipe Piracicabana, jogo que marcou a volta do Nhô Quim para a elite do Futebol Paulista.

Foram dois treinadores que comandaram o Nhô Quim nesta gloriosa conquista, curiosamente dois goleiros: Getúlio Cruz e Galdino Machado e no total com os dois foram 46 jogos, sendo 33 vitórias, 08 empates e 05 derrotas. Marcaram 82 gols, 30 gols sofridos, um saldo de 52.

Quadrangular Final:

O Quadrangular Final do Campeonato Paulista da Série A2, envolveu equipes como o XV de Piracicaba, Nacional A.C, E.C Noroeste e Bandeirante E.C.

13/11/1983 – XV de Piracicaba 2 x 0 Nacional
15/11/1983 – Bandeirante 1 x 2 XV de Piracicaba
20/11/1983 – Noroeste 1 x 1 XV de Piracicaba
27/11/1983 – XV de Piracicaba 1 x 0 Noroeste
30/11/1983 – XV de Piracicaba 3 x 2 Bandeirante – XV Campeão.

Ficha Técnica:

XV DE PIRACICABA 3 X 2 BANDEIRANTE
Data: 30/11/1983
Local: Barão de Serra Negra (Piracicaba);
Juiz: Almir Ricci Peixoto Laguna
Gols: Carluccio 7 e Dicão 13 do 1º; Lima 20, Chicão 39 e Paulo César 52 do 2º
Cartão amarelo: Ulisses, Tim, Mauro, Vadinho, Carluccio e Gilberto.

XV de Piracicaba: Pizelli, Carluccio, Ailton Luis, Dario (Paulinho, intervalo) e Otavio; Vadinho, Lima e Pianelli; Tim (Chicão, 14 do 2.°). Brandão e Gilberto. Técnico: Galdino Machado.

Bandeirante: Fernando. Mauro, Ulisses. Edson Fumaça e Pecos; Paulo Cesar, Jaime (Sobral, 27 do 2º) e Dicão; Pedro Paulo, Lula e Zé Luis (Pedrinho, intervalo). Técnico: João Magoga

Publicidade

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.