Momento do Apito – Futebol Brasileiro voltou e com ele as polêmicas!

Olá queridos leitores desta coluna!

Estamos aqui para mais uma participação no “Resenha Esportiva” com meu amigo Vitor Prates, o melhor fotografo de nossa região!

Aqui falaremos sobre arbitragem, regras, fatos, curiosidades e iniciativas nas mais variadas modalidades esportivas, sempre, com o compromisso ético e leal das informações, e é claro, também expondo nossas opiniões!

Futebol Brasileiro voltou e com ele as polêmicas!

Raphael Claus teve participação decisiva no jogo entre Mirassol e Corinthians ao chamar o árbitro Vinicius Gonçalves para analisar no monitor lance de expulsão, em que o árbitro considerou como normal a disputa entre os atletas, porém, ao rever houve a expulsão, ficando o Mirassol com um jogador a menos. Acontece que durante o primeiro jogo da final entre Corinthians e Palmeiras, houve falta da mesma natureza e na mesma força, cometida pelo jogador corinthiano Jô e desta vez Raphael Claus não era o árbitro de vídeo e sim o de campo e considerou falta apenas para cartão amarelo. O texto acima é apenas para reflexão, pois, se Claus o árbitro brasileiro para a próxima Copa do Mundo quando estiver no VAR chamar um árbitro experiente, mas, pertencente ao quadro básico ou nacional a informação terá um “peso” e em situação inversa, um árbitro do quadro básico ou nacional chamar o melhor árbitro brasileiro na atualidade, terá o mesmo “peso”?

Final do Paulistão e o VAR!

Que VAR que nada! Luiz Flávio de Oliveira foi a excelência!
Sem protocolo, sem “orientações”, entrou em campo e fez o que sabe fazer: arbitrar e como deve ser feito: cumprindo as regras do jogo e por isso foi seguro em suas decisões e obteve o respeito dos jogadores, marcando, inclusive, com perfeição um pênalti no último lance da partida, determinando que a final fosse disputada nos penais, com vitória do Palmeiras.

Com o campeão legitimado e com ambas as finais conduzidas pelos árbitros “vetados” pelos clubes e com ampla campanha de “caça fantasmas” na grande mídia, a Comissão de Arbitragem, que tem como Presidente Ana Paula de Oliveira, sai fortalecida. Mas esta mesma Comissão precisa observar e olhar melhor “certos comportamentos” de outros árbitros para que a vaidade humana não ponha a perder um trabalho à médio e longo prazo.

Parabéns Palmeiras! Parabéns FPF! Parabéns CEAF-SP!

E é claro PARABÉNS Luiz Flávio!

Final Troféu do Interior!

Pela primeira vez a grande final do Troféu do Interior teve arbitragem feminina e Edina Alves conduziu com muita competência a partida, legitimando o resultado do jogo. E não precisou de VAR, mostrando o excelente momento em que vive na carreira.

Em partida acirrada o RB Bragantino venceu a equipe do Guarani por 01×00, garantindo como prêmio R$ 360 mil reais e uma vaga para a Copa do Brasil em 2.021.

Justa homenagem e reconhecimento!

A Comissão de Arbitragem da CBF escalou para a árbitra FIFA Edina Alves Batista logo na primeira rodada do Brasileirão e segundo Leonardo Gaciba Edina e Neuza são diferenciadas e terão oportunidades, cabendo à elas aproveitarem.

Arrisco um palpite! Com a “vontade” da FIFA em ter mulheres no Mundial do Qatar, as duas correm neste objetivo, ainda longo, porém existente!

É só trabalhar, cumprir as regras do jogo, sem “mediação” e legitimando os resultados, rodada pós rodada.

E o Covid, hein!

Partidas adiadas com antecedência, outras em cima da hora, jogadores contaminados, árbitros contaminados, resultados equivocados, e muito desencontro de informação, assim, começou os jogos do Brasileirão em suas Séries A, B e C. Mas com rigidez nos protocolos, com todos os envolvidos no espetáculo cumprindo com sua parte, ainda, não é motivo para grandes preocupações! O STJD terá muito trabalho este ano!

1 minuto de silêncio para 100.000 vidas! Não é apenas um número! São cem mil famílias atingidas na dor da perda de um ente querido!

SUCESSO nos Cursos de Arbitragem da AAPR!

FUTEBOL:

O 21º Curso de Formação e Capacitação para Árbitros de Futebol, realizado pela Associação de Árbitros de Piracicaba e Região por meio da Escola de Árbitros João Paulo Araújo bateu recorde em sua live na última segunda-feira, lotando a plataforma digital Google Meet, ao ter como palestrante Paulo Pina (Instrutor português) e Leonardo Gaciba (presidente da Comissão de Árbitros da CBF). Na aula de hoje os palestrantes serão Marcelo de Lima Henrique (Árbitro CBF) que falará sobre “Atitude” e a Rafaella Sinisgalli que falará sobre Medicina Esportiva e Saúde”.

FUTSAL:

A Associação de Árbitros de Piracicaba e Região, por meio da sua Escola, também está trazendo para Piracicaba e Região o Curso de Formação e Capacitação para Árbitros de Futsal, à ser realizado pela Liga Paulista de Futsal. Mais informações no e-mail: aapr.escola@gmail.com . Restam poucas vagas!

Dia dos Pais!

E a AAPR aproveitou a data para lançar uma campanha de conscientização sobre a violência contra a arbitragem e o árbitro Marco Macedo e seus filhos foram os responsáveis por dar vida à essa iniciativa. Nesta oportunidade parabenizamos à esposa do associado da AAPR que deu todo o apoio para a iniciativa!

Momento do Apito é escrito pelo ex-arbitro Renato Canadinho.

Renato Canadinho,
Atual Presidente da AAPR, Comunicador e Instrutor de Arbitragem, foi árbitro de futebol CBF/FPF e Analista de Arbitragem.

Publicidade

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.