Morre Vadão Campeão Brasileiro da Série C, com o XV de Piracicaba

Foto: Reuters

Faleceu nesta segunda-feira, 25 de maio o ex-treinador do XV de Piracicaba, Oswaldo Fumeiro Alvarez, mais conhecido por Vadão.

Vadão estava internado no Hospital Albert Einstein, desde o dia 12 de maio, e nesta segunda-feira, com complicações de um câncer no fígado, no qual acabou evoluindo para outros órgãos.

Oswaldo Alvares, 63 anos, deixa sua esposa Ana Alvarez e dois filhos, Adriano e Carolina Alvares, que fazia a parte de assessoria de imprensa do pai. O velório e sepultamento – restrito aos familiares por conta da pandemia do novo coronavírus – acontecerão em Monte Azul Paulista, sua terra natal.

Passou por diversos clubes entre eles o XV de Piracicaba entre junho de 1995 e maio de 1996, nesse período conquistou o Campeonato Brasileiro da Série C, no qual foram 16 jogos disputados, com 9 vitórias, 03 empates e 04 derrotas e o título veio diante do Volta Redonda em dois jogos, em Piracicaba o Nhô Quim venceu por 2 a 0 e no Rio de Janeiro, o alvinegro voltou a vencer com gol de Biluca.

Comandou também times como Mogi Mirim, Athletico Paranaense, Corinthians, São Paulo, Ponte Preta, Guarani, Bahia, Goiás, Sport, entre outras equipes.

Seu último trabalho foi na Seleção Brasileira Feminina, somando 77,7% de aproveitamento em 33 jogos oficiais, foram 25 vitórias, seis empates e duas derrotas.

Nas duas passagens pela Seleção, Vadão entrou para a lista dos 10 melhores técnicos do mundo. Na premiação organizado pela FIFA, entidade máxima do futebol, conquistou o sexto lugar em 2016 e o sétimo em 2018.

Publicidade

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.