Novo auxiliar-técnico do XV, Marco Antônio aponta oportunidade como presente, em nova dobradinha com Piza

Auxiliar Técnico do XV de Piracicaba - Marco Antônio - Foto Crédito: Evandro Pelligrinotti - XV de Piracicaba

“Um presente”. Desta forma, o novo auxiliar-técnico do XV de Piracicaba, Marco Antônio, vê a oportunidade de integrar a comissão técnica que irá em busca do acesso, na retomada do Paulistão A2 2020 (ainda sem data confirmada). No Nhô Quim, o profissional irá repetir a dobradinha que formou, durante aproximadamente oito meses, com o técnico Evaristo Piza no Botafogo/PB. Este é apenas o segundo clube em que ambos atuam juntos nestas funções.

“Eu conhecia o Piza das vezes que nos enfrentamos, mas fui trabalhar com ele e conhecê-lo melhor em João Pessoa. Nós, praticamente, ganhamos um presente com esse convite do XV. Caiu no nosso colo essa responsabilidade e nós gostamos de desafios, nós vivemos disso. O futebol apresenta as oportunidades e esperamos aproveitar essa com bastante eficiência”, disse Marco Antônio, ex-lateral-direito, campeão brasileiro e da Copa do Brasil com o Grêmio.

Como jogador profissional, além do time gaúcho, Marco Antônio defendeu as cores de Inter e Independente de Limeira, Mogi Mirim, Rio Branco de Americana, Vila Nova, Figueirense, entre outros. Já na função de auxiliar, trabalhou no Guarani e, por essas coincidências do destino, foi ao Botafogo justamente para o lugar de Thiago Carpini, ex-auxiliar-técnico de Piza (inclusive na primeira passagem pelo XV, entre 2017 e 18), que havia acertado sua ida à equipe campineira.

A chegada ao Nhô Quim, segundo Marco Antônio, foi bem tranquila. “A maioria eu já conhecia, alguns do próprio futebol. A cidade em si é espetacular. O acolhimento e a recepção foram muito bons. Com relação aos jogadores, nós também já conhecíamos, mas não do dia a dia, e isso vem sendo feito agora. Ao meu ver, os atletas que aqui estão possuem um nível acima da média. São profissionais muito bem recomendados e que formam uma boa equipe”, comentou.

Sobre o estadual, que, devido à pandemia de Covid-19, parou há quase cinco meses, Marco Antônio prevê uma nova competição. “Eu acredito que essa parada não beneficiou ninguém, porém cremos no nosso trabalho e na tradição do clube. Apesar de não contarmos com um fator determinante, que é a nossa torcida, eu confio muito no peso dessa camisa. Diante disso, a expectativa é de fazer um grande restante de Série A2 e conquistarmos o acesso”, avaliou.

Restando três rodadas para o término da primeira fase, o Nhô Quim está na quinta posição do torneio, com 19 pontos ganhos. O Alvinegro Piracicabano ainda irá encarar Votuporanguense, São Bernardo e Penapolense, na luta por uma vaga para as quartas de final. Caso o Protocolo de Operação de Jogo seja aprovado pelo Centro de Contingência do Coronavírus e o Governo do Estado de São Paulo autorize, o campeonato voltará no dia próximo dia 19 de agosto.

Texto: Evandro Pelligrinotti – XV de Piracicaba

Publicidade

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.