Opinião – Douglas Pimenta

Trivela-Uol

OPINIÃO

Olá caro leitor. Primeiramente, agradeço ao Vitor Prates pela oportunidade de escrever esta coluna em seu site/blog e ao mesmo tempo, o belíssimo trabalho que o Vitor vem desenvolvendo e propiciando aos amantes do futebol e do esporte de maneira geral. Pois ter a oportunidade de expressar e escrever para um público seleto, é para poucos. Mas o mais importante, é a credibilidade, respeito e a qualidade do que se escreve. E nesta coluna terei o máximo empenho em transmitir o conhecimento que adquiri ao longo destes 35 anos de vida esportiva. E começo falando para você leitor, ter uma visão e opinião do assunto: “Futebol chato”. Sim, porque o futebol praticado hoje, está chato. As equipes, através de seus treinadores escolhem os esquemas, 4-3-3, 4-1-4-1, 4-4-2, 3-5-2, 4-3-2-1, 4-2-4, (sopa de números). E na realidade, o que se assiste é, 10 jogadores atrás da linha da bola defendendo, com as linhas bem definidas, além de um goleiro. E não tem nada de novo.

Como fazer para quebrar estas linhas defensivas? Talento, individualidade, habilidade, improviso. Por isso que o futebol está chato. Seja nos campeonatos de alto nível (europeus), ou mesmo, em campos tupiniquins. Este resultado a qual vos falo, diga-se de passagem, também, é fruto de uma má formação nas categorias de base de nosso futebol. Os talentos individuais estão escassos.

Gols em cobrança de falta, tabelinhas, dribles com finalizações, realmente está difícil de ver. Por isso, espero que este Campeonato Brasileiro que se inicia neste final de semana, Séries A, B, C e D possam trazer esperança de um futebol mais bonito. Pode ser defensivo, pode, não é feio. Mas compense e procure jogar, criar, apresentar um futebol que não seja chato de ver. Pois os nossos meias de criação, articulação estão acabando. Centroavantes, só os mais idosos estão sobrevivendo.

Pontas, que faziam alegria do torcedor. Porque os novos centroavantes e pontas, demoram a surgir. E nós, brasileiros, sempre fomos lembrados pelos estrangeiros, ou valorizados internamente, pelo nosso talento, improvisação, habilidade, plástica de belos gols. É com este propósito que teremos a chance de ver uma Copa do Mundo, em breve, e espero que não seja chata também. Apesar de adorar assistir futebol… seja qualquer campeonato. Torcendo sempre pelo futebol bonito. Obrigado e grande abraço a todos…

Piracicaba, 13 de Abril de 2018

Douglas Pimenta

Publicidade

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.