Phoenix faz P1 e P2 categoria Turismo B da primeira etapa da Copa ECPA de Endurance

Foto Crédito: Adilson Zavarize / Buskaki News.

Como era de se esperar, a primeira etapa da Copa ECPA de Endurance, realizada no último sábado (04) no Esporte Clube Piracicabano de Automobilismo (ECPA) foi recheada de muita adrenalina e emoção com os carros do Marcas e Pilotos dividindo as curvas com os bólidos da Tubular em uma prova que exigiu muita estratégia e perícia das equipes e pilotos. Na bandeirada, os dois carros da Phoenix da categoria B fizeram primeiro e segundo lugares.

“Foi um dia quase perfeito”, foi assim que Cris Lima, chefe da Equipe Phoenix ao lado de Luís Piccolo definiu a primeira etapa da Copa. Na tomada de tempo para a formação do grid, no período da manhã, Lamartine fez o sexto melhor tempo na categoria “A”. Já os dois carros da “B” não tiveram chance, ambos tiveram uma pane elétrica e a dupla Guilherme Reischl e Luc Monteiro largou na penúltima posição e o trio João Moraes, Ricardo Pinto e Francis Piedade em último.

A largada foi emocionante, com os carros do Marcas dividindo a primeira curva com os Tubulares. Athus Biruel largou na pole dos tubulares e levou a melhor nas primeiras curvas com seu tubular, enquanto pelo Marcas, Diogo Lapena, que fez dupla com Juliano Gandelim (pole), não fez uma boa largada, Alexandre Souza assumiu a liderança, seguido por Wanderson Freitas e Lamartine Pinotti, que largou bem e ganhou três posições. No início do segundo terço da prova a chuva veio forte para trazer mais emoção e testar a perícia dos pilotos. Foi o momento da virada para os carros da Phoenix. Lamartine, com problemas mecânicos precisou diminuir o ritmo, cedendo posições enquanto os pilotos dos dois carros da “B”, que haviam largado nos últimos lugares melhoraram a performance na pista molhada com Luc Monteiro no carro de numeral 37 e Francis Piedade no 77, assumindo a liderança da categoria e mantendo até a bandeirada final, onde o trio Leandro, Renan e Humberto receberam a bandeirada em primeiro pela Tubular, na Turismo “A”, Rodrigo Stefanini, Rodrigo Huidobro e João Marcelo e na Turismo “B” o trio da Phoenix com João Moraes, Francis Piedade e Ricardo Pinto.

Para a dupla Guilherme Reischl e Luc Monterio, mesmo com os problemas elétricos na tomada de tempo, a estratégia para a corrida foi perfeita para que a dupla que saiu na penúltima posição do grid chegar em segundo lugar na Turismo “B”. “O carro estava muito bom e conseguimos ser constantes durante a corrida, mesmo na hora da chuva que ficou bem complicado, o Luc deu conta do recado e nos deixou numa situação muito boa quando voltei para o terceiro período”, contou Guilherme Reischl. Já o estreante Luc Monteiro, estava muito feliz com o resultado, “Foi minha primeira vez em Piracicaba e também a primeira vez que corri com chuva, e que chuva. A visibilidade era nula, o Guilherme me ajudou muito pelo rádio porque eu não conseguia enxergar nada. Mesmo assim, consegui entregar o carro inteiro pra ele que manteve um bom ritmo e conseguimos subir no pódio”, contou o piloto que confessou ter gostado muito do autódromo piracicabano, “Sempre que tiver a oportunidade voltarei pra correr aqui, tão logo for possível. A pista tem um traçado muito gostoso, é divertidíssima e a estrutura do ECPA é muito boa”, completou.

Felizes estava o trio João/Ricardo/Francis, que saiu da última posição do grid para chegar em primeiro na Turismo “B”. O piracicabano Francis Piedade disse que o momento mais tenso foi durante a chuva, “No momento que estávamos nos recuperando veio a chuva e meu limpador de para-brisa parou de funcionar e tive que dirigir olhando onde estavam as curvas pela janela”. Ricardo Pinto também citou a chuva como uma das grandes dificuldades do dia, “Largamos em último, nos recuperamos, e na hora da chuva perdemos algumas posições. Voltamos a melhorar o ritmo e conseguimos trabalhar para chegar em primeiro”, avaliou. Feliz com o resultado, João Morais avaliou a prova como muito positiva, “Só temos a agradecer a Deus, à equipe e a todos que participaram. Tivemos uma prova movimentada e sem nenhum acidente, isso é muito gratificante”, afirmou.

Para os chefes da Equipe Phoenix, Luís Píccolo e Cris Lima, a estreia da Copa ECPA de Endurance foi um sucesso. “Foi muito gratificante ver o resultado do trabalho realizado na preparação dessa etapa, o retorno que tivemos dos pilotos e das equipes foi totalmente positivo”, afirmou Cris Lima. Para Píccolo, “Fizemos P1 e P2 na “B”, na “A” tivemos problemas mecânicos e a equipe do Stefanini foi muito bem e mereceu vencer. O que mais importa é que a fórmula do evento ficou muito bacana e é um tipo corrida em que todos são favoritos, tudo depende do trabalho na hora. Agora vamos trabalhar para as próximas etapas e, se possível, trazer mais patrocinadores, afinal, é um evento que gera uma boa visibilidade”, completou.

Confira como ficou o pódio em cada categoria:

Tubular

1º Leandro / Renan / Humberto
2º Vinícius R. Henrique
3º Athus Biruel
4º Dito / Felipe Giannetti
5º Leonardo / João
6º Douglas Correa

Turismo A

1º Rodrigo Stefanini / Rodrigo Huidobro / João Marcelo
2º Luiz Cirino / Rodrigo Moreno
3º Juliano Gandelim / Diogo Lapena
4º Alexandre Souza / Thiago
5º Edson Paes / Bruno Paes / Adriano Brasiliense
6º Lamartine Pinotti / Luís Píccolo
7º Wanderson / Rubens
Turismo B
1º Francis Piedade / Ricardo Pinto / João Morais
2º Guilherme Reischl / Luc Monteiro
3º Fábio / Rodolfo / Cláudio
4º Hogo Doria / Alexandre Gregosk
5ª Rodrigo / Ademir

As datas das próximas etapas e do calendário do Marcas e Pilotos serão divulgadas nos próximos dias pelo ECPA.

Por: Adilson Zavarize – BuskakiNews
Assessoria de imprensa Equipe Phoenix Competições

Publicidade

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.