Piloto mexicano testa positivo para covid e é impedido de correr GP da Inglaterra

Sergio Pérez, da F1, sofre com exame de coronavírus — Foto: Reprodução

No próximo final de semana acontece mais uma etapa da Fórmula 1, será o GP da Inglaterra.

O piloto da Racing Point, o mexicano Sergio Pérez testou positivo para a Covid-19, em exame realizado nesta quinta-feira (30).

A equipe de Pérez ainda não anunciou seu substituto. As chances são grandes de que o piloto reserva da Mercedes, Esteban Gutiérrez, assuma o lugar do compatriota para o GP da Inglaterra.

Confira a baixo o comunicado na íntegra:

“Após o anúncio de que Sergio testou positivo para COVID-19 no circuito de Silverstone, antes do GP da Inglaterra de Fórmula 1, a equipe lamenta anunciar que o piloto não poderá participar da corrida deste fim de semana.

Sergio está fisicamente bem e de bom humor, mas continuará se auto-isolando sob as diretrizes das autoridades de saúde pública relevantes, sendo a segurança a prioridade máxima para a equipe e o esporte.

Toda a equipe deseja o bem de Sergio e espera recebê-lo de volta ao cockpit do RP20 em breve.

Nossa intenção é correr com dois carros no domingo. Em breve, comunicaremos os próximos passos para o fim de semana do Grande Prêmio da Inglaterra”

Todos os envolvidos com as corridas de Fórmula 1 têm passado por teste de Covid-19 a cada cinco dias para terem acesso aos autódromos onde estão sendo disputados os grandes prêmios de 2020. Até agora, apenas dois casos positivos foram impedidos de acessar o paddock de Hungaroring, há duas semanas, mas estes não foram de pessoas que haviam estado na Áustria, nas duas primeiras provas.

Publicidade

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.