“Quero muito levantar a taça”, diz o capitão quinzista

FOTO CRÉDITO: VITOR PRATES

O goleiro Luiz Fernando é o capitão do XV de Piracicaba, participou de 23 dos 25 jogos do clube nesta Copa Paulista e falou em entrevista coletiva sobre o duelo da final diante do São Caetano no próximo sábado (16), às 17h, no Estádio Anacleto Campeanella, no ABC.

“Temos que ter equilíbrio. Em uma final, você precisa ser ousado para atacar e ter responsabilidade para defender. O São Caetano se mostrou muito equilibrado em Piracicaba. Eles possuem um time que não é tão intenso, mas quando chega, chega com eficiência. Isso pôde ser visto na primeira partida, no Barão da Serra Negra. Diante disto, temos que ter atenção atrás, sem deixar de ir ao ataque, que é uma característica forte da nossa equipe”, analisou.

O atleta ainda comenta que sonha com a possibilidade de erguer o troféu e se mostra honrado em utilizar a braçadeira. “É um privilégio. O XV é um clube com mais de 100 anos de história e ser o capitão, em uma final, é algo que não tem preço. Quero muito levantar a taça”, externou, antes de elogiar seu preparador, Cristiano Cavalcante. “Tenho uma relação muito boa com ele, de profissionalismo e parceria. Já são quase dois anos treinando juntos e tem dado certo”, disse.

O XV de Piracicaba precisa vencer por dois gols de diferença para conquistar o segundo título da Copa Paulista nos 90 minutos. Triunfo por um gol de vantagem leva a disputa para as penalidades máximas. O São Caetano jogo por um empate.

Publicidade

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.