“Sendo satisfatório desde o retorno do grupo, um nível muito bom” disse Evaristo Piza

Foto Crédito: Evandro Pelligrinotti / XV de Piracicaba

O técnico do XV de Piracicaba Evaristo Piza, falou para a XV TV, sobre essas três semanas de preparação voltado primeiro para a parte física e depois com o próprio treinador trabalhando com os atletas dentro de campo.

“Sendo satisfatório desde o retorno do grupo, um nível muito bom um retorno na questão física, acredito o período que eles ficaram em casa sendo monitorado pelo auxiliar Léo Tabai, todos tiveram responsabilidade, no dia seguinte fizemos o teste do Covid-19 e o Claudinho Creato fez um teste físico para ver o perfil do grupo e o resultado foi satisfatório, a partir dai começamos a introduzir os conteúdos gerais. Na segunda-feira da primeira semana já estávamos trabalhando a questão técnica, tática e física inseridas e está sendo muito bom, um grupo muito equilibrado, experiente e bastante intensidade nos trabalhos, a tendência é que as coisas vão dar certo”, disse o treinador.

O retorno da Série A2 está marcado para o dia 19 de agosto, o XV de Piracicaba terá dois jogos em seus domínios, sendo contra Votuporanguense e Penapolense e diante do São Bernardo no ABC. O treinador também falou sobre esta retomada.

Foto Crédito: Evandro Pelligrinotti / XV de Piracicaba

“Um período curto, depois de quatro meses inativos, realizando treinos sem a presença, monitorado pelo auxiliar Léo Tabai, mas que foge da realidade do jogo, eles trabalham a parte física, específica, alguns conteúdos de força, mas o jogo a bola, mudando de direção, velocidade, força, execução, chute e cabeceio, eles perderam quatro meses, então toda essa readaptação ela é gradativa. Estamos vendo o retorno de alguns campeonatos, você não volta de imediato de alto nível que você acabou lá, isso é gradativo. O período é muito curto, temos que acelerar esse processo para que eles entrem em estado de jogo o mais rápido possível e não esperar o segundo jogo, o terceiro para ter a evolução, por que são três jogos, eu não posso pensar que eu vou evoluir, é muito curto, é isso que estamos fazendo nos treinamentos, estimular, já competir desde o treino, gerar uma situação próxima ao jogo, nós no dia a dia de trabalho, por isso temos que levar eles a muito próximo da realidade do jogo que iremos enfrentar contra o Votuporanguense”, disse Piza.

Foto Crédito: Evandro Pelligrinotti / XV de Piracicaba

Publicidade

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.