XV se reapresenta visando ao duelo de sexta-feira contra o Água Santa

FOTO CRÉDITO: VITOR PRATES

Depois da excelente vitória, em Diadema, no último sábado (7), o elenco do XV de Piracicaba se reapresentou nesta segunda-feira (09), no Barão da Serra Negra, já visando ao novo desafio diante do Água Santa, em Piracicaba pelo returno da segunda fase da Copa Paulista.

Com os três pontos o XV de Piracicaba se aproxima da vaga, pois chegou aos seis pontos, na segunda colocação. O Mirassol lidera o Grupo 06, com nove pontos, se as duas equipes venceram na próxima rodada garantem com antecipação a vaga para a terceira fase da Copa Paulista. Água Santa e Nacional só tem um ponto. Depois dessa rodada faltam duas para o término da fase.

O técnico Tarcísio Pugliese terá a semana cheia para trabalhar, depois de três partidas em sete dias, que envolveram as rodadas iniciais desta nova etapa do torneio.

“Foi uma semana muito desgastante. A viagem para Mirassol é longa, com quatro horas para ir e mais quatro para voltar, e o trajeto até São Paulo também não foi fácil. Suportamos tudo isso muito bem. Vale ressaltar o papel desempenhado pelo Rildo (Dionízio, preparador físico). O nosso time é bastante intenso, tem corrido muito e sofrido pouquíssimas lesões, o que é reflexo do que vem sendo feito pelos nossos profissionais que cuidam dessa área”, disse o treinador.

As atividades desta tarde foram voltadas justamente para a parte física, com o elenco dividido em dois. Os atletas que jogaram por mais de 45 minutos no Distrital do Inamar ficaram no vestiário, para um treino regenerativo, enquanto os demais seguiram para a academia. “Obviamente, estou bem feliz com o resultado, mas ainda mais com o futebol apresentado pela nossa equipe nessas duas últimas rodadas”, analisou Pugliese, após o triunfo em Diadema.

“Tivemos uma conversa depois da partida com o Mirassol, a qual não acho que fomos mal, pelo contrário, vínhamos controlando bem até a expulsão do Fraga. Acredito que isso foi bastante produtivo. Ressaltamos a necessidade de aumentarmos um pouco mais o ritmo, porque o campeonato está em um momento que não se pode mais relaxar. Temos que passar por cima das dificuldades e focar no título, que é importante para todos”, completou o comandante.

Publicidade

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.