XV volta com empate de Mirassol e decidirá vaga na final no próximo sábado, no Barão

Foto - Marcos Freitas-Agência Mirassol

O XV de Piracicaba levou um susto logo nos primeiros instantes de jogo, buscou a virada e, no fim, saiu com um empate em 2 a 2 com o Mirassol, na manhã deste domingo, 27, no José Maria de Campos Maia, pela primeira partida das semifinais da Copa Paulista. O confronto decisivo acontece no próximo sábado, 2, às 20h15, no Barão da Serra Negra. Quem vencer garante uma vaga na decisão e, consequentemente, a presença em um torneio nacional em 2020, já que o campeão tem a opção de escolha entre um lugar no Brasileiro Série D ou na Copa do Brasil do ano seguinte, com o vice ficando com o outro posto. Novo empate leva a decisão aos pênaltis.

O jogo

O XV foi quem deu a saída de jogo, porém os donos da casa tomaram a bola logo em seguida e conseguiram abrir o placar, em chute cruzado de Gabriel Taliari, da entrada da área, no canto direito de Luiz Fernando. Utilizando-se do mesmo artifício, a roubada na saída adversária, o Nhô Quim não demorou para conseguir a virada. Aos 15 minutos, Cássio Gabriel tocou em profundidade, pela direita da grande área, para Raphael Macena, que concluiu de pé direito.

O centroavante fez seu 12º gol na competição, se isolando na artilharia. Cinco minutos depois, após troca de passes com Raphael Macena, dentro da grande área rival, Cássio Gabriel ajeitou para Kadu Barone, dessa vez pela esquerda, concluir: 2 a 1. Juninho arriscou de fora da área, aos 28 minutos, e a bola saiu rasteira, pela linha de fundo. No entanto, Rafael Silva, da mesma forma, acertou o alvo e voltou a deixar o duelo empatado, aos 38 minutos: 2 a 2.

Antes do apito final para o término do primeiro tempo, aos 46 minutos, Jefferson Feijão cruzou para Misael, que cabeceou para fora. O Mirassol continuou apostando nos arremates de fora da área na etapa final e Rafael Silva voltou a levar perigo aos 15 minutos.  A bola desviou na defesa quinzista e saiu pela linha de fundo. Já aos 20, Renan cobrou escanteio e Claudinho mandou de cabeça. A bola passou perto da trave esquerda da meta do Alvinegro Piracicabano.

Luiz Fernando ainda fez linda defesa aos 23 minutos. Neto Moura bateu forte da entrada da área e a bola foi no canto esquerdo do goleiro, que saltou e espalmou. A opção dos mandantes pelas tentativas de longe se devia também ao bloqueio defensivo imposto pela equipe do técnico Tarcísio Pugliese, que apostou nas entradas de Luizinho, Danilo Bueno e Bruno Lima no segundo tempo, nos lugares de Misael, Cássio Gabriel e Simião, respectivamente.

Ficha técnica

Copa Paulista – Semifinal
23ª rodada

Mirassol 2×2 XV de Piracicaba

Data – 27/10/2019
Horário – 11h00
Local – Estádio Municipal José Maria de Campos Maia, Mirassol
Árbitro – Thiago Duarte Peixoto
Assistentes – Gustavo Rodrigues de Oliveira e Vladimir Nunes da Silva
Quarto árbitro – José de Araújo Ribeiro Júnior
Avaliador de campo – Elton de Andrade Santos
Gols – Gabriel Taliari a 1′ e Rafael Silva aos 38′  1/T (MIR); e Raphael Macena aos 15′ e Kadu Barone aos 20′ 1/T (XVP)
Cartões amarelos – Claudinho e Neto Moura (MIR); e Fraga e Gilberto Alemão (XVP)

Mirassol – Matheus; Weriton, Reniê, Victor e Renan (Cleiton); Maicon, Neto Moura (João Denoni) e Juninho; Rafael Silva, Claudinho (Paulinho) e Gabriel Taliari   Técnico: Ricardo Catalá

XV de Piracicaba – Luiz Fernando; Jefferson Feijão, Gilberto Alemão, Paulão e Peri; Fraga, Simião (Bruno Lima) e Cássio Gabriel (Danilo Bueno); Misael (Luizinho), Kadu Barone e Raphael Macena   Técnico: Tarcísio Pugliese

Evandro Pelligrinotti
Assessor de Imprensa

Publicidade

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.